19/10/2022

Equipes de alto desempenho, Mitos e Verdades (Palestra) - Múcio Morais

Estou enviando vocês para “fazerem resultados” onde a outra equipe não teve sucesso retornando com o diagnóstico de “mercado saturado”. 

Se vocês falharem a empresa terá que pensar urgentemente em montar uma nova equipe, nós não vamos abrir mão daquele setor. Ou vocês vendem ou vocês vendem! 

Esta foi a fala de meu gerente comercial, Zenon Santiago, um gênio da liderança de equipes, um vencedor, daqueles que você leva o caderno ara as reuniões porque certamente vai aprender alguma coisa que acrescentará em sua vida.

1980, GRUPO *IOB

Um Dos maiores grupos de consultoria contábil, jurídica e RH do mundo, com um corpo técnico de centenas de profissionais do mais alto nível, Contadores, Advogados, Administradores, Especialistas em Contabilidade Púbica, enfim um timaço; mas como toda empresa era preciso VENDER O SERVIÇO; nosso público era amplo e o produto abrangente, qualidade reconhecida e o preço exatamente o que valia, era o produto mais valorizado do mercado consultivo, na linguagem comum: “Muito caro”. Cansei de escutar clientes me dizendo: Uauuu este produto não é para mim, sou pequeno!

Como mencionei, tínhamos entre outros, um de nossos principais setores em crise, a coisa era definir, a crise é do setor? Do Produto? Da economia? Ou seria da equipe que atendia aquela área? Pela fala dos colegas que ali militavam, o problema era quase insolúvel, envolvia tudo, mas para nosso Super Gerente Zenos Santiago, a crise era de visão, processos pessoais e volume de trabalho, apenas escutando a equipe ele fez este diagnóstico e firmemente disse: Vou mandar a equipe 2 de BH, eles irão provar que estou certo.

Múcio Morais, Marcos e Éder, aprontem-se, vocês vão passar duas semanas no setor “fracassado”, estou enviando vocês para “fazerem resultados” onde a outra equipe não teve sucesso e retornou com o diagnóstico de “mercado saturado”. Se vocês falharem a empresa terá que pensar urgentemente em montar uma nova equipe, nós não vamos abrir mão daquele setor.

No domingo aprontei o carro, fiz as malas e passei na casa de cada colega viajante, no caminho fomos traçando as estratégias, mas, o que aquele time tinha era “energia” ninguém podia parar nossa equipe, éramos obstinados a vencer, éramos disciplinados, tínhamos uma sequencia vitoriosa e uma frequência invejável, puro condicionamento mental, estávamos juntos há muito tempo, sabíamos do que o outro era capaz e confiávamos plenamente na performance de cada um. Nosso ambiente construído ao longo do tempo era positivo e resolutivo, e, nosso gerente sabia disso.

Retornamos depois de duas semanas de trabalho naquele setor, e, obviamente tivemos um resultado expressivo, com volume e qualidade de vendas, isso mesmo, vender muito sem qualidade de negociação é fácil e a empresa se lasca depois pra receber e assumir as facilidades dadas pela equipe de vendas. Mas equipe de alta performance de verdade, deixa o cliente muito bem atendido, mas vende com qualidade e pensa na empresa.

Trouxemos vendas de diversos clientes que já não eram visitados fazia tempos, também de clientes “impossíveis, chatos, difíceis, desinteressados, ganha ganha, negativo, leiloeiro, barganhador, crítico” enfim aqueles clientes dos quais criamos mitos e em pouco tempo barreiras e aversão, este é um dos maiores perigos em vendas. Cada negociação é única, especialmente se for negativa, esqueça, e quando retornar faça como se fosse a primeira vez. (Esta é uma das muitas histórias de vendas que tenho).

A alta performance tem pouco a ver com as técnicas e assimilações artificiais e fantasiosas que o treinador moderno tenta impor, tem muito mais a ver com as velhas e boas práticas bem executadas e com um toque de criatividade e inovação, afinal de contas o mundo mudou um pouco, se não entendeu o que falei, pegue uma pasta e trabalhe alguns meses visitando a clientela, mesmo que virtualmente ou com outros sistemas de vendas, quem não fez, dificilmente pode ensinar a fazer.

Bora educar sua equipe em vendas, veja um pouco da experiência do Palestrante Múcio Morais. 

      ·        Representante Comercial no ramo alimentício; (Doces)

·        Consultor de Vendas Grupo Britânica (Enciclopédia Barsa e outras)

·        Assistente Comercial Grupo IOB Thonson (Consultoria Geral)

·        Assistente Comercial Mapa Fiscal (Consultoria Contábil)

·        Gerente de Vendas Grupo Edin (Material Jurídico)

·        Representante de Vendas Editora Plenum (Livros e Material Jurídico)

·        Gerente Comercial Grupo DAC (Implementação de redes e sistemas)

·        Gerente Comercial Pleno Informador (Informador Virtual DOE – MG DOU)

·        Gerente Comercial Multcomp Informática (Material de Informática)

·        Gerente Comercial Gismac Atacadista (Aviamentos)

 TREINAMENTO DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS

CHEVROLET – COCA COLA FEMSA – LOJAS MOBILE – RICARDO ELETRO – RAPIDÃO – KWIKASAIR – BANCO BMG – AC MINAS – AGUAS MINERAIS DE MINAS – CAXAMBÚ – GRUPO ATENDE – BANCO PAN – BBA BUSINESS – BEM BRASIL – BETULA – RACCO – BIO-CHILE – BV FINANCEIRA – CAIXA – CARREFOUR – SHOPPING CASTANHEIRA – GRUPO LÍDER – CENIBRA – COMPWAY – SÃO MAIS DE 2000 CLIENTES ATENDIDOS.

PALESTRAS E WORKSHOPS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS – WHATSAPP 031 99389-7951 – muciomorais.blogspot.com – muciomorais.com – e-mail: contato@muciomorais.com

Nenhum comentário:

SEMANA DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA

SEMANA DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA - Professores, Gestores, Profissionais da Educação, Alunos, Pais, Familiares e Sociedade... Envolvidos em um grande projeto de mudança!

Esta Programação já foi realizada em mais de 1.000 Municípios e Escolas no Brasil e em Países da América Latina, já foram desenvol...