27/11/2022

O TRISTE FIM DA IMPRENSA BRASILEIRA - MÚCIO MORAIS

                             
O triste fim da imprensa Brasileira - Múcio Morais

Pra quem entende o jornalismo como o quarto poder, aquele que investiga, procura, interpreta, esclarece os fatos do dia a dia da nação, está tristemente assistindo um final melancólico com personagens pateticamente dobrados pelo interesse econômico e outros que fantasmagoricamente povoam os bastidores do jornalismo brasileiro.

O Jornalismo tendencioso e influenciado a que temos assistido nos últimos anos, não pode ser chamado de jornalismo, não existe jornalismo se existe tendência e influência que contamine o fato, este processo jornalístico apenas utiliza-se dos meios de comunicação para manipular a sociedade de acordo com seus interesses,

Assistimos incrédulos a gente muito bem conceituada dobrando-se a este tipo de comportamento, difícil saber se por se submeterem à pressão e políticas internas das empresas de comunicação ou por convicções próprias, o que também contamina o jornalismo, considerando a impessoalidade como fator de credibilidade jornalística,

A isenção e credibilidade não impede ao jornalista de imprimir sua marca, sua personalidade, desde que preserve sua neutralidade e mantenha-se servo da verdade, ainda que esta venha ferir suas próprias convicções, posso citar grandes nomes do nosso jornalismo com esta característica, dos quais sou admirador, Alexandre Garcia, Hermano Henning, Nei Gonçalves Dias, Ricardo Boechat, Carlos Sardenberg, Arnaldo Jabor, José Simão, Mônica Bérgamo, Fernando Mitre, William Waack, enfim, estes, até o momento, praticam um jornalismo personalizado, mas fiel ao seu público.

O Jornalismo Brasileiro é hoje uma colcha de retalhos, alguns dos principais meios de comunicação noticiam somente o que é de seu interesse, como se estivesse em suas mãos a formação ou preservação de um certo “ambiente favorável à sabe-se lá o que”; o Brasil desinformado se debate entre a verdade contaminada em conta gotas e a omissão descarada em doses cavalais, perdemos o rumo e com ele a missão, o propósito e o respeito.

Reconquistar? Será um trabalho de anos, e, terá que ser liderado por quem merece ainda créditos da sociedade brasileira, será isso possível? Estaria este objetivo dentro do interesse das grandes redes? Creio que não. Teremos que conviver com este “jornalismo” medíocre e influenciado por muitos anos, a fuga dos Brasileiros para meios duvidosos e altamente contaminados como as redes sociais, portais e outras ferramentas da internet se tornam cada vez mais alternativas camicases, as fofocas, fake News, memes, resenhas dos famosos “quens?” Rapidamente vão substituindo toda a  nossa tradição jornalística construída por décadas, literalmente saindo pelo ralo.

POBRE DO PAÍS QUE NÃO TEM UMA IMPRENSA ISENTA E RESPONSÁVEL, POBRE BRASIL!

(Múcio Morais)

SÍNTESE DA PALESTRA PARA ESTUDANTES DE JORNALISMO - JORNALISTAS - IMPRENSA - SEMINÁRIOS - CONGRESSOS - SEMANAS CIENTÍFICAS - 

20/11/2022

Pensamentos dominantes, ansiedade sem sentido - Múcio Morais

Quantas vezes temos pensamentos negativos que nos deixam ansiosos, premonições, intuições, pressentimentos, sensações, enfim, quem nunca disse algo como: Estou com um pressentimento de que tal coisa vai acontecer, e, nesse momento o cérebro reage com uma descarga de adrenalina, e o corpo começa a produzir sintomas físicos. É ai que vem a crise de ansiedade, algumas com tamanha intensidade que trazem a sensação de um infarto ou mal-estar e a angústia toma conta dos pensamentos.

Algumas pessoas já têm este acúmulo de pensamentos como hábito, vivem em estado de ansiedade e aguardando o pior. Mas, algumas ações simples, se praticadas diariamente com disciplina, podem ajudar a resolver este problema.

è VOU CHAMAR DE MÉTODO DOS TRÊS PENSAMENTOS

Tenha bem estabelecido em sua mente, o seguinte:

1º PENSAMENTO: Eu sei que quase 100% das coisas que imagino que irá acontecer, não acontecem, são apenas pensamentos inúteis, frutos de minhas tendências ao (1)fatalismo, por muitos anos eu pressentia algum acidente de avião comigo, faço cerca de 140 viagens/ano (ida e volta) em aviões, já entrava ansioso, mas, nunca tive um acidente sério, exceto algumas dificuldades comuns a qualquer vôo; Ou seja, 100% de meus pensamentos estavam errados, agora entro no avião com esta convicção e minha ansiedade simplesmente não existe mais.

2º PENSAMENTO: Perco muito energia, tempo e prejudico minha saúde física e mental sofrendo por antecipação por algo tão fantasioso, criado em minha mente. Não vale a pena viver assim. Não vale a pena ter este pensamento.

3º PENSAMENTO: O que eu posso fazer para resolver este pensamento? Posso resolver agora? Tenho controle sobre as coisas que estou imaginando, pensando, remoendo neste momento? Se a resposta é sim, então resolvo! Se a resposta for Não, então marco o dia e hora que vou resolver, agendo a solução e paro de pensar naquilo! E se não houver uma solução? Então nem é um problema, é mesmo um pensamento inútil, paro de me alimentar dele? É uma comida podre, vomito pra fora de mim.

São apenas três passos bem simples para resolver esta questão, leia várias vezes, anote e coloque no bolso, pratique esta disciplina mental todas as vezes que um processo de ansiedade começar. Pense que isso vai te ajudar, vai resolver, vai te dar sentimentos agradáveis, pensamentos de alívio,

Hoje acordei com um pensamento angustiante, estava em dúvida sobre o que estaria pensando um parceiro de negócios sobre minha participação no projeto, antes de deixar a ansiedade tomar conta, fiz o método DOS TRÊS PENSAMENTOS, e, liguei para este parceiro, perguntei a ele sobre meus pensamentos e sentimentos, ele me explicou algumas dificuldades pessoais dele que deixavam esta impressão que eu estava tendo, se desculpou comigo e tudo ficou esclarecido. Pronto, apliquei o terceiro pensamento porque podia resolver na hora;

Pratique este método, vai te ajudar!

Múcio Morais

ESTE ARTIGO FAZ PARTE DA PALESTRA “COMO TER UMA MENTE SAUDÁVEL E VIVER MELHOR” uma palestra motivacional com resultados impactantes nas pessoas.

(1)O fatalismo é uma doutrina que afirma que todos os acontecimentos ocorrem de acordo com um destino fixo e inexorável, não controlado ou influenciado pela vontade humana. Esse destino pode ser determinado por um poder superior ou por simples necessidade lógica.

19/11/2022

QUER SABER DE UMA C O I S A? CONTINUE SENDO V O C Ê! Múcio Morais

                       
Se tiver um sonho, continue, se não tiver, continue até ter um...

Se tiver apoio das pessoas, continue, se não tiver, continue...

Se souber para onde vai, continue, se não souber, continue a procura...

Se te criticarem, avalie e continue, se te derem um novo e melhor caminho, mude e continue...

Se quiser insistir, teimar, ser diferente, continue...

Se tiver boa saúde, continue, se a saúde piorar, continue...

Se parecer confuso, demorado, reflita, mas enquanto isso, continue...

Não me lembro tanto dos lugares onde fui quanto das estradas, paisagens, vilarejos e cidades, pessoas, costumes, movimentos do cotidianos tão diferentes, sim, dos lugares me lembro bem, mas as maiores lembranças e marcas são dos caminhos por onde passei.

A velocidade irresponsável da vida é ditada por quem não se importa com a própria vida, nem com a vida dos outros, mas com cenários, aquilo que a vida deve parecer e com os resultados, status, visibilidade, vaidade que os pódios podem momentaneamente dar.

A Vida a cada geração vai perdendo a graça, viver tem sido uma tarefa inglória para a maioria dos (1) NO TOPs se vivemos dentro do universo (2) “to be or to become successful” aqui se colocam lâmpadas por todo lado até que a energia não seja mais suficiente ou as plateias da futilidade resolvam que as luzes do outro são mais “interessantes”. Neste espaço você só encontra duas possibilidades, ser um (3) influencer ou um (4) seguidor. Aqui a marca de sucesso é o número de seguidores, que podem ser (5) espontâneos ou adquiridos por (6) joguinhos de curtidas e ainda comprados por (7) Agências de seguidores.

Um universo patético onde gente sem graça, sem valores e crenças relevantes e sólidas, trazem conteúdos minimamente duráveis ou de utilidade no dia a dia, quer na normalidade, nas relações, nos desafios, nas crises diversas ou na construção de um ser humano melhor.

Voltando ao tema inicial, não vemos mais caminhos como o melhor da viagem, chegar é o que importa, a isso chamam sucesso, (2) “to be or to become successful” a isso eu chamo desperdício de vida. Correr atrás do vento.

A Velocidade e relevância imprimidas nesse ciclo é artificial, ao fundo de cada ação mercadológica estão pessoas que pensam em como atrair, convencer, direcionar e provocar sensações de contentamento, a validade deste processo é egoísta e maquiavélica, não importam as consequências, o que vale são os resultados.  Não preciso ser psicólogo para avaliar os danos que esta cultura do nada causa nas pessoas, uma verdadeira síndrome do afundamento.

Que conhecer a vida satisfatória? Aprenda a admirar as estradas, aprenda a ver o valor dos caminhos e não somente do destino final, perceba que muitas vezes não chegaremos a lugar algum, mas a viagem tem que valer a pena.

Valorize seu interior, cultive a paz de espírito, em alguns momentos da vida você vai precisar imergir pra dentro de si mesmo e encontrar as ferramentas para lidar com as situações, o problema com este estilo de vida que critico, é que muitos irão imergir mas não encontrarão nada em suas profundezas, somente um imenso vazio também conhecido como “depressão”.

Seja sério com o sua própria construção, aprenda, divirta-se, dê risadas de si mesmo, reconheça de vez em quando uma certa “burrice”, afinal ela não é patrimônio dos gênios.

Certa vez fui atender a um cliente na cidade de Esperança, MG (Não havia GPS) eu utilizava um mapa em uma revista chamada 4 Rodas, marquei a cidade e fui, quando percebi já estava em Governador Valadares, já havia passado da cidade mais de 100KM, confundi com a cidade de Nova Esperança, ES, então fiz a volta, mais 100KM, que paisagens lindas, montanhas, pedras enormes, uma parada em um pão de queijo incrivelmente gostoso. Então fiquei grato, aquele erro me fez andar por uma estrada que eu precisava conhecer.

Não defina nem mude seus destinos com base no ritmo que esta nova sociedade tem vendido,

Você tem um destino? Continue!

Você tem uma vida para ser construída? Construa!

Múcio Morais

ESTE ARTIGO É PARTE DA PALESTRA MOTIVACIONAL “QUER SABER DE UMA COISA?” realizada em centenas de empresas por todo o Brasil, contrate: 031 99389-7951 / contato@muciomorais.com

(1)     NO TOPs, Pessoas comuns que não tem relevância nas redes sociais, à parte do processo de super sucesso, podem no máximo ser seguidores.

(2)     “to be or to become successful” Ser ou se tornar um sucesso, uma máxima da vida dirigida para fora;

(3)     O influencer digital é uma pessoa capaz de influenciar e formar a opinião de outras pessoas, por meio de conteúdos que ela produz nas redes sociais.

(4)     Seguidor, nome que se dá às pessoas que seguem ou admiram o trabalho de um influencer; O maior desafio do Influencer é conquistar seguidores.

(5)     Espontâneos, pessoas que gostam daquele conteúdo e por isso seguem o influencer;

(6)     Joguinhos de curtidas, são trocas de curtidas ou de seguidores propostos por algumas redes sociais para aumentar o número de seguidores, mas estes truques refletem em seguidores sem interesse ou compromisso uns com os outros, são apenas números, não representam a força do influencer.

(7)     Agência de seguidores, são agencias na internet com vendem seguidores, podem ser Brasileiros ou estrangeiros, pode se comprar 1000 seguidores por até $9,90. O Problema é que grande parte destes seguidores são fakes; falsos. E não irão interagir com o influencer e seus interesses.

31/10/2022

PALESTRA SHOW PARA FINAL DE ANO - MOTIVAÇÃO E MUDANÇAS - MÚCIO MORAIS

                          

FAÇA UM MOMENTO ESPECIAL COM MUITO CARINHO PARA SUA EQUIPE NESTE FINAL DE ANO, vamos valorizar quem nos ajudou neste ano tão complexo, reconhecer o esforço e a dedicação, renovar as forças e o compromisso de manter nossa empresa lucrativa e encantando a clientela, dar ao cliente uma nova e cada vez melhor experiência conosco, refletir sobre a vida, pensar mudanças, acreditar, restaurar o caminho da felicidade na vida!

FALE COM MÚCIO ||  e-mail: contato@muciomorais.com 

O CALUNIADOR - MÚCIO MORAIS

"A covardia da calúnia, que sentencia o inocente a pagar por um crime que não cometeu, é a mais devastadora das armas do ignorante. Ela estraga e emporcalha tudo que toca, além de enegrecer profundamente aquilo que não conseguir exterminar". (Ivan Teorilang)

"Fazer alguém responder e ter anexada a sua imagem qualquer fato e ato, mesmo que tenha sido cometido, é uma das maiores maldades que um ser humano pode fazer com outro, a verdade de um ato não pode significar que as pessoas não crescem, amadurecem, se arrependem ou mudam". (Múcio Morais)

"Algumas pessoas passam toda sua existência difamando os outros e ao final é a sua própria imagem quem a condena". (Múcio Morais)

"A Fofoca é a absoluta falta de assunto e conteúdo de uma pessoa". (Múcio Morais)

"Qualquer idiota pode difamar alguém, mas somente os nobres conseguem elogiar, mesmo sabendo da imperfeição do outro". Múcio Morais

"Dizem que errar é humano, eu diria que errar é inevitável". (Múcio Morais)

Se você convive com uma pessoa caluniadora ou se você mesmo é esta pessoa, quero te pedir atenção a este artigo: (Teorilang) chama a calúnia de "covardia" já que geralmente a pessoa atacada não pode se defender em tempo hábil ou mesmo se esquivar do estigma que lhe será "presenteado por toda a vida". O caluniador normalmente ataca pelas costas, de forma sutil e ardilosa, o interesse único é simplesmente destruir, colocando dúvidas sobre a reputação do outro. Oportunista, vê em cada momento a chance de apresentar-se como o "fiel da balança" emitindo suas opiniões e oferecendo fatos, geralmente criados ou deturpados, para argumentar posições negativas sobre as pessoas.

Um dos problemas mais sérios que envolve a calúnia é o fato de que o caluniador apresenta-se de forma a parecer um mediador ou um observador "justo" ao longo da vida, desenvolvendo frases, jargões e comportamentos que produzem uma certa credibilidade e tolerância. Quero citar sete desse comportamentos:

FALSA SENSIBILIZAÇÃO: Ao emitir uma determinada opinião ou mesmo ao criar um fato, o faz demonstrando uma falsa sensibilização o que disfarça bem as intenções ardilosas por traz da calúnia; É comum ao caluniador ter expressões como:

  • "Puxa vida, ele precisa de apoio para se livrar desse problema, lamentável, é uma ótima pessoa apesar de…”.
  • “Ele não precisava disso…”.
  • “Vamos orar por ele, acho que é o melhor caminho!” “Estou chocado…”.

NEGAÇÃO DE AUTORIA: Esse comportamento consiste em atribuir a "informação" a outros, geralmente sem citar a fonte por questões "éticas". As expressões são mais ou menos essas:

  • “Sabe o que as pessoas andam falando?”
  • “Bom, é o que dizem por ai”.
  • “Contaram-me e estou passando exatamente…”.
  • “Todo mundo sabe disso…”.

FIRMAR POSIÇÕES: O Caluniador geralmente é alguém com dificuldades de admitir seus erros, esta é uma das razões pelas quais procura atribuir erros aos outros. Em nome de suas ideias, reputação e opiniões, desfere golpes do tipo:

  • “Eu penso assim, mas se ele pensa diferente…”.
  • “Eu não faria isso, mas cada cabeça uma sentença”.
  • “Se ele prefere fazer assim, problema dele”.

FALSA SURPRESA: Certamente o maior esforço do caluniador é desviar-se da origem da "calúnia" e para isso uma das ferramentas mais eficazes é a "falsa surpresa", a expressão é alguma coisa como:

  • “Sério? Eu não imaginava que ele poderia fazer isso”.
  • “O que? Você está brincando! quem disse isso?”
  • “Não acredito, ele fez isso mesmo?”
  • “Conte-me isso detalhadamente, mal posso acreditar”.

FALSA MINIMIZAÇÃO: Assim como na falsa surpresa, o caluniador busca conseguir alguma credibilidade colocando-se ao lado da vítima ao minimizar as informações por ele criadas ou recebidas de outras fontes:

  • “Eu ouvi isso, mas não acredito que seja tanto assim!”
  • “Me disseram, mas não pode ser…”.
  • “Eu acho isso, mas devo estar errado”.

CONTAR COM A PREDISPOSIÇÃO HUMANA PARA RETER O MAL: O caluniador transforma grandes mentiras em verdades incontestáveis, em fatos, ainda que seja desmentida uma parte significativa dos ouvintes manterão a posição "caluniadora" e muitas vezes formarão fileira na continuidade. Como disse Willian Hazlitt: “A calúnia não exige provas”.

FALAR SEM PENSAR: A fala por impulso, sem filtro. A calúnia pode vir também como um impulso da linguagem, esta prática é explicada por alguns estudiosos que atribuem este comportamento a pessoas que têm um superego enfraquecido e não conseguem trabalhar regras sociais, pessoas que não estão com seu mundo interior ordenado, ignora seu superego (que normalmente funciona como filtro dos impulsos do ID), nessa estrutura emocional as questões da vida estão desorganizadas ou sem solução, o que provoca uma enorme pressão acionando um mecanismo de defesa emocional que libera "as tais falácias ou falar sem pensar" para que o indivíduo não se exploda.

O problema aqui é que em nome de uma liberação emocional se coloca em xeque a vida e reputação de outras pessoas. Como disse Luigi Pirandello, "Tem ideia de quanto mal nos fazemos por essa maldita necessidade de falar?". Gosto muito também da frase do presidente americano Woodrow Wilson: "Se eu for falar por dez minutos, eu preciso de uma semana de preparação; se quinze minutos, três dias; se meia hora, dois dias; se uma hora, estou pronto agora".

O PREÇO: Nenhum comportamento vem com "isenção de IPI" (imposto sobre procedimento individual) para todo comportamento existirá sempre uma resposta. Nem sempre aquela esperada, mas dentro da normalidade ame e será amado, cuide e será cuidado, sirva e será servido, critique e será criticado e assim por diante. O preço a pagar por uma vida de calúnia não é barato, pessoas caluniadas sentem aversão e ódio dos seus caluniadores; aqueles que fazem parte do círculo de relacionamento, mesmo que não tenham sido vítimas tendem a desprezar e evitar o caluniador. A perda da credibilidade é a mais dura pena. Imagine-se convivendo com o descrédito total, a indiferença, sendo tolerado ao invés de acolhido? Esse é o IPI pago pelo caluniador.

A CURA: Se você se encaixa nesse contexto, há algumas decisões urgentes a tomar:

  1. Aprenda a gostar de si mesmo, valorize-se, ame-se, tenha orgulho de si mesmo, sua história não merece a macha da calúnia;
  2. Assuma sua condição de caluniador, faça uma revisão de seu comportamento, pense nas pessoas que você já prejudicou. As mentiras, as verdades que não deveriam ser passadas a frente (um fato verdadeiro não justifica a sua divulgação caluniosa), os amigos que você ajudou a separar pela dúvida, os relacionamentos que você ajudou a esfriar pelo desencanto;
  3. Decida desculpar-se com essas pessoas: "os caluniados";
  4. Decida consertar o que for possível desfazendo o que você construiu (destruiu), desmentindo, procurando aqueles que receberam suas "informações";
  5. Assuma a autoria de tudo que falar daqui pra frente, você vai ver como isso te ajudará a ser mais cuidadoso com as palavras;
  6. Decida ser humilde, esteja pronto para mudar, pensar diferente, dar crédito aos outros, cale-se um pouco, aprenda a ouvir e valorizar os outros, isso vai te ajudar;
  7. Abandone o cinismo, vigie-se.
  8. Aprenda a elogiar e ver o bom em tudo. Decida e transforme-se em uma pessoa "otimista, positiva e que acredita nas pessoas" e perceba o valor do novo IPI na sua vida;

Não descarto a necessidade de pessoas que praticam a calúnia necessitarem de cuidados terapêuticos urgentes. Os sintomas de distúrbios psíquicos são muito claros, mas não gosto da linha que leva toda debilidade humana para o campo médico. Vejo claramente aqui problemas sérios de caráter, de modelos de comportamento, de decisões não ou mal tomadas, de escolhas, de superficialidade e pobreza de espírito. Considero sempre o ser humano capaz de fazer o auto diagnóstico e a partir de suas constatações caminhar rumo ao desenvolvimento pessoal, buscando recursos em todas as instâncias possíveis, inclusive médica, motivado pela percepção do preço pago por si mesmo e por outros. A mudança pode acontecer!

Termino este texto citando Carlos Drummond de Andrade, em seu poema Recomeçar:

“Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou. O que importa é que sempre é possível e necessário recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida e o mais importante. Acreditar em você de novo.

 (*) Este texto é parte da Palestra do Prof. Múcio Morais "Chega, eu não me suporto mais" voltada para comportamento e clima organizacional.

Espero ter ajudado.

Múcio Morais - Palestrante Motivacional e Consultor nas áreas de Comportamento, Liderança, Marketing, Vendas, Gestão e Estratégias de Negócios; Filósofo e especialista em programação neurolinguística utiliza-se de técnicas de alto desempenho, didática simples e oratória de impacto, deixando marcas profundas naqueles com os quais compartilha experiências.

27/10/2022

Uma triste constatação, País “fútil” por falta de nobreza, mérito, censo de utilidade, profundidade, quase tudo tem um aspecto enganador, astuto e de esperteza, não inspira confiança nem constância, somos frívolos, levianos e imaturos ao extremo. Múcio Morais

                   
Este é o maior título que já coloquei em meus artigos, e, fiz um grande esforço na sintetização da ideia, mas minha indignação foi muito maior que minha capacidade como escritor.

Estas eleições, que mais parecem uma escolha de grêmio estudantil entre garotos vaidosos e rivais, dada a falta de conteúdo das campanhas, tem trazido a tona constatações que são antigas mas que se renovaram em virtude do baixíssimo nível das lideranças políticas atuais.

Suas assessorias então, nem se fala, sejam estas por meio de assessores ou militantes profissionais, agências, papagaios de pirata, teteiros (pessoas que sobrevivem nas tetas, sempre com uma função pública, trabalham pelos candidatos a troco das benesses, cargos e oportunidades, se a maré virar eles viram junto, sua ideologia é o próprio bolso.)., ou puxa-sacos de plantão, esta “gente” alimenta todo um sistema de informação levado a público por meio de fofocas, Notícias Falsas ou descaracterizadas (Fake News), informações oportunistas, informações precipitadas, informações incompletas ou tendenciosas, fazendo ainda uso de interpretações esdrúxulas visando viralizar a ignorância e a desinformação, o que em nosso País, infelizmente é fácil fazer.

Neste momento Brasileiro tivemos ainda a participação de parte da imprensa profissional que deveria ater-se a informar, educar, formar cidadãos com sua influência, mas fizeram a escolha de contundentemente demonstrar suas preferências políticas e manipular a população com notícias “verdadeiras mas com tom influenciador e manipulador”. 

Nestas eleições cada elemento desses tem se superado, aqueles que tem um mínimo de cultura e discernimento, que são minoria, conseguem caracterizar facilmente os fuxicos desinformativos e as manipulações, mas a grande parte da população brasileira que sequer consegue interpretar um parágrafo de três linhas, mas que são maioria, inclusive do eleitorado, caem facilmente e ainda espalham a fofoca do dia com se fossem verdades, acrescentando rabos jornalísticos tabajaras, considerando seu interesse neste ou naquele candidato, como diz um famoso jornalista de fofocas, “Eu aumento mas não invento”.

Fico pensando se podemos chegar a objetivos claros e necessários à nossa Nação, se teremos, em alguma ocasião, neste formato, a possibilidade de uma escolha bem acertada, que tenha clareza, competência, habilidade técnica, política e humana para uma gestão impactante e decisiva, um estadista com passado limpo, que mereça o respeito da maioria, que cause impacto ao falar, por sua clareza, polidez e inteligência, que gere a reverência de outras Nações, que nos lidere não como uma Nação medíocre, sem educação, burlesca, esquisita, caricata, ridícula; bizarra. Mas como uma Nação com uma identidade digna, onde o certo e o errado são claros, a lei é obedecida, os princípios e valores são elevados e fazem parte do cotidiano, uma Nação que educa radicalmente sua população, por todos os meios possíveis,   

Uma Nação com menos religiosidade e mais espiritualidade, com cada elemento da sociedade se esforçando para cumprir bem o seu papel e produzir o bem estar ao todo.

Infelizmente não será ainda desta vez, lamento, me perdoe Brasil!

Múcio Morais

PALESTRAS E WORKSHOPS 031 99389-7951

25/10/2022

Preciso de ajuda para me relacionar com meu filho adolescente - Múcio Morais


PALESTRA PARA PAIS E ADOLESCENTES

Vou resumir o que escutei recentemente em um encontro de Pais: O Mundo está muito mudado, os adolescentes estão enlouquecidos com a tecnologia, não sabem respeitar os pais, só querem saber de amigos e rua, não ligam pra nada, vivem como se não houvesse um amanhã.  

Esta é uma descrição bem próxima do temperamento dos adolescentes, salvo algumas exceções, eles são mesmo assim, mas é um erro considerar que este comportamento é produto de um “mundo novo ou da tecnologia”, adolescentes sempre foram assim, em cada tempo, mostravam sua ansiedade por aprender, fazer, descobrir, possivelmente a maioria dos Pais foram adolescentes complicados, ou perto disso, e isso muito antes do celular, então cabe-nos entender esta fase de nossos filhos e procurar caminhos para uma relação próxima de equilibrada e saudável.

É possível? Sim é possível e não exige tanto assim, a questão é entender que trata-se de um ser humano em fase de construção, e, colocar-se a disposição, sem perder a ternura e a autoridade. Nesta palestra apresento 30 passos importantes para esta relação ser saudável, mas seguem algumas:

1.      Estabeleça combinados e regras claras. Quanto mais claros os combinados e regras, melhor;

2.      Conheça bem os amigos e o grupo que o adolescente convive; Conheça também a escola e seus professores e coordenadores; (Você não faz ideia de como misso faz diferença para a autoestima e bem estar do adolescente)

3.      Seja sempre um apoio para momentos difíceis;

4.      Tenha momentos de diversão e desenvolva interesses em comum;

5.      Evite relacionar-se usando a culpa;

6.      Veja qual forma de abordagem dá mais certo com seu filho e invista nela. Uma dica é ter cuidado para não falar com seu filho como se ele ainda fosse uma criança. Isso poderá irritá-lo e até afastá-lo de você.

...

Esta fase se ameniza à medida que o adolescente tem contato com suas responsabilidades de vida, percebe o outro e descobre que sua vida influencia a dos outros, descobre as misérias do planeta e suas necessidades e percebe sua cidadania, quando um adolescente é puxado para se mostrar útil fica mais fácil ainda;

Estou a disposição de escolas e entidades diversas para discutir este tema; até breve!

Múcio Morais

PALESTRAS E WORKSHOPS (31) 99389-7951 / contato@muciomorais.com

19/10/2022

Equipes de alto desempenho, Mitos e Verdades (Palestra) - Múcio Morais

Estou enviando vocês para “fazerem resultados” onde a outra equipe não teve sucesso retornando com o diagnóstico de “mercado saturado”. 

Se vocês falharem a empresa terá que pensar urgentemente em montar uma nova equipe, nós não vamos abrir mão daquele setor. Ou vocês vendem ou vocês vendem! 

Esta foi a fala de meu gerente comercial, Zenon Santiago, um gênio da liderança de equipes, um vencedor, daqueles que você leva o caderno ara as reuniões porque certamente vai aprender alguma coisa que acrescentará em sua vida.

1980, GRUPO *IOB

Um Dos maiores grupos de consultoria contábil, jurídica e RH do mundo, com um corpo técnico de centenas de profissionais do mais alto nível, Contadores, Advogados, Administradores, Especialistas em Contabilidade Púbica, enfim um timaço; mas como toda empresa era preciso VENDER O SERVIÇO; nosso público era amplo e o produto abrangente, qualidade reconhecida e o preço exatamente o que valia, era o produto mais valorizado do mercado consultivo, na linguagem comum: “Muito caro”. Cansei de escutar clientes me dizendo: Uauuu este produto não é para mim, sou pequeno!

Como mencionei, tínhamos entre outros, um de nossos principais setores em crise, a coisa era definir, a crise é do setor? Do Produto? Da economia? Ou seria da equipe que atendia aquela área? Pela fala dos colegas que ali militavam, o problema era quase insolúvel, envolvia tudo, mas para nosso Super Gerente Zenos Santiago, a crise era de visão, processos pessoais e volume de trabalho, apenas escutando a equipe ele fez este diagnóstico e firmemente disse: Vou mandar a equipe 2 de BH, eles irão provar que estou certo.

Múcio Morais, Marcos e Éder, aprontem-se, vocês vão passar duas semanas no setor “fracassado”, estou enviando vocês para “fazerem resultados” onde a outra equipe não teve sucesso e retornou com o diagnóstico de “mercado saturado”. Se vocês falharem a empresa terá que pensar urgentemente em montar uma nova equipe, nós não vamos abrir mão daquele setor.

No domingo aprontei o carro, fiz as malas e passei na casa de cada colega viajante, no caminho fomos traçando as estratégias, mas, o que aquele time tinha era “energia” ninguém podia parar nossa equipe, éramos obstinados a vencer, éramos disciplinados, tínhamos uma sequencia vitoriosa e uma frequência invejável, puro condicionamento mental, estávamos juntos há muito tempo, sabíamos do que o outro era capaz e confiávamos plenamente na performance de cada um. Nosso ambiente construído ao longo do tempo era positivo e resolutivo, e, nosso gerente sabia disso.

Retornamos depois de duas semanas de trabalho naquele setor, e, obviamente tivemos um resultado expressivo, com volume e qualidade de vendas, isso mesmo, vender muito sem qualidade de negociação é fácil e a empresa se lasca depois pra receber e assumir as facilidades dadas pela equipe de vendas. Mas equipe de alta performance de verdade, deixa o cliente muito bem atendido, mas vende com qualidade e pensa na empresa.

Trouxemos vendas de diversos clientes que já não eram visitados fazia tempos, também de clientes “impossíveis, chatos, difíceis, desinteressados, ganha ganha, negativo, leiloeiro, barganhador, crítico” enfim aqueles clientes dos quais criamos mitos e em pouco tempo barreiras e aversão, este é um dos maiores perigos em vendas. Cada negociação é única, especialmente se for negativa, esqueça, e quando retornar faça como se fosse a primeira vez. (Esta é uma das muitas histórias de vendas que tenho).

A alta performance tem pouco a ver com as técnicas e assimilações artificiais e fantasiosas que o treinador moderno tenta impor, tem muito mais a ver com as velhas e boas práticas bem executadas e com um toque de criatividade e inovação, afinal de contas o mundo mudou um pouco, se não entendeu o que falei, pegue uma pasta e trabalhe alguns meses visitando a clientela, mesmo que virtualmente ou com outros sistemas de vendas, quem não fez, dificilmente pode ensinar a fazer.

Bora educar sua equipe em vendas, veja um pouco da experiência do Palestrante Múcio Morais. 

      ·        Representante Comercial no ramo alimentício; (Doces)

·        Consultor de Vendas Grupo Britânica (Enciclopédia Barsa e outras)

·        Assistente Comercial Grupo IOB Thonson (Consultoria Geral)

·        Assistente Comercial Mapa Fiscal (Consultoria Contábil)

·        Gerente de Vendas Grupo Edin (Material Jurídico)

·        Representante de Vendas Editora Plenum (Livros e Material Jurídico)

·        Gerente Comercial Grupo DAC (Implementação de redes e sistemas)

·        Gerente Comercial Pleno Informador (Informador Virtual DOE – MG DOU)

·        Gerente Comercial Multcomp Informática (Material de Informática)

·        Gerente Comercial Gismac Atacadista (Aviamentos)

 TREINAMENTO DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS

CHEVROLET – COCA COLA FEMSA – LOJAS MOBILE – RICARDO ELETRO – RAPIDÃO – KWIKASAIR – BANCO BMG – AC MINAS – AGUAS MINERAIS DE MINAS – CAXAMBÚ – GRUPO ATENDE – BANCO PAN – BBA BUSINESS – BEM BRASIL – BETULA – RACCO – BIO-CHILE – BV FINANCEIRA – CAIXA – CARREFOUR – SHOPPING CASTANHEIRA – GRUPO LÍDER – CENIBRA – COMPWAY – SÃO MAIS DE 2000 CLIENTES ATENDIDOS.

PALESTRAS E WORKSHOPS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS – WHATSAPP 031 99389-7951 – muciomorais.blogspot.com – muciomorais.com – e-mail: contato@muciomorais.com

12/10/2022

QUAL O SENTIDO DA VIDA? PALESTRA MOTIVACIONAL - Múcio Morais

 
QUAL O SENTIDO DA VIDA?

E, para alguns de nós: Qual o sentido da minha vida?

Esta é uma pergunta profunda feita por seres que carregam uma certa dose de evolução, que têm a percepção de existência com a necessidade de objetivos.

Viajamos pelo passado, buscando respostas na vida daqueles que já partiram desta vida, muitos encontram na sequencia de propósito o seu próprio sentido, gerações de médicos, policiais, fazendeiros, atletas, artistas, religiosos, políticos, enfim, dando seguimento aos passos de Avós, Pais e familiares que produzem, em muitos casos em forçado constrangimento, novas gerações com o mesmo sentido de vida.

Recentemente em uma telenovela, assistimos a saga dos Leôncios, Um Peão boiadeiro que gerou um filho cuja escolha foi ser peão, que gerou mais filhos e considerava questão de “honra” que fizessem a mesma escolha, o enredo da novela, girava em torno destas escolhas como único sentido da vida daquela família, em suma, o que garantia a felicidade daquela família pelas próximas gerações, seria a manutenção da escolha do “Sentido da vida, herdado” o desenvolvimento da trama era tão carregado de imaturidade e superficialidade, que muitos simplesmente pararam de assistir;

O Sentido da vida para outros está vinculado à práticas de crenças, em geral na religião, nessa centralização de propósito emerge um ser geralmente intransigente, enquadrador, confrontador, que comumente é identificado como fanático, dada a sua incapacidade de percepção de outras formas de pensar, agir e viver. Neste processo temos uma parte significativa da humanidade em guerras religiosas ou tendo a religião como pretexto para segregação de toda sorte, numa exegese de interesses próprios onde a conquista da “razão” se mostra muito mais importante que o outro, seja ele quem for.

O Sentido da vida em grande parte das pessoas está vinculado à sua autoestima e a própria percepção do que os outros pensam dela, gostar da própria vida é essencial para perceber o sentido da própria vida, ser influenciado pelo que os outros pensam é notar a decepção alheia com aquilo que queriam que você se tornasse, mas não se tornou, ou seja, é andar por um universo onde você não controla, é tentar influenciar o pensamento do outro. Poe acreditar, o sentido de sua vida não está nas expectativas alheias, mas se importar com elas pode te fazer perder o rumo.

Em Paz, devemos nos confrontar com esta pergunta, personaliza-la, Qual o sentido da “minha vida?” e vai aí um aviso, não espere respostas mirabolantes, gloriosas, impactantes, elas não virão nesse formato; As melhores respostas serão simples, corriqueiras, vinculadas à coisas que você já escutou diversas vezes,

Família, amigos, vizinhos, colegas, desconhecidos, a forma como os faz sentir quando está por perto, você como o primeiro pensamento em diversas situações, um exemplo disso passei nesta semana, recebi uma ligação de uma amiga, ela estava passando por uma crise familiar, pediu minha ajuda e concluiu: Você foi a primeira pessoa em quem pensei quando isso aconteceu aqui em casa, obrigada por me ajuda, sabia que você me daria uma direção. Confesso que esta não foi uma das minhas melhores semanas, mas terminou bem, fui relembrado de uma de minhas missões que enriquecem o meu sentido de vida, “dar direção à algumas pessoas que precisam.”

Estamos existindo em uma sociedade do TOP, do Glamour, do arrasar, do brilhar, somos bombardeados com as vidas falsas e midiáticas de pessoas que afirmam subliminarmente que encontraram nos filtros e nos cenários montados o seu sentido da vida.

Estes seres iluminados fatalmente terão suas tomadas e interruptores desligados em algum momento quando o imprescindível acontecer, descobrirão nesse momento que os filtros e a aparência de poder não lhes servirão quando a vida verdadeira começar a existir em suas carcaças de ilusão. Mas o que ofusca o mapa do sentido da vida para muitos está em seguir e acreditar neste modelo de viver, em especial nossos jovens que afundam em depressão, ansiedade e pânico ao perceberem que não possuem a mesma tomada que seus patéticos ídolos.

Um depoimento de Boris Zimmer, um jovem estudante (16 anos) na Alemanha, diz o seguinte: Vida Saudável em todos os sentidos. Esse é um dos benefícios de sair das redes sociais se levarmos em consideração que não somos pessoas virtuais, mas reais, também todas as situações de vida, nossos pais e nossos amigos são reais. Desconectar-se pode ser uma boa maneira de sair e lidar com meus problemas psicológicos, como ansiedade e depressão. Também percebi que precisava me tornar um ser humano, perceber as pessoas e fazer sentido para alguém. O mundo virtual é uma armadilha, ninguém de fato é feliz, aprendemos a viver uma vida de mentiras, mas na maioria dos momentos da vida a mentira não resolve. O Sentido da vida não está definitivamente neste universo virtual. Hoje estou me recuperando para a vida e encontrando meu próprio sentido.  

O sentido de nossa vida precisa ser muito mais consistente, é fundamental responder às perguntas certas e aceitar as respostas mais simples e óbvias porque nelas encontramos uma essência de força para os dias bons e para os ruins também.

Qual o sentido de sua vida?

MÚCIO MORAIS – PALESTRAS E WORKSHOPS MOTIVACIONAIS – WhatsApp 031 99389-7951

30/09/2022

PALESTRA: AJUDANDO ADOLESCENTES A LIDAR COM A DEPRESSÃO - MÚCIO MORAIS

PALESTRA PARA JOVENS - FERRAMENTAS PARA AJUDAR OS JOVENS A ENFRENTAR A DEPRESSÃO, ESTA PALESTRA É FEITA EM ESCOLAS OU INSTITUIÇÕES VOLTADAS PARA EDUCAÇÃO E JUVENTUDE.

13/09/2022

PALESTRA MOTIVACIONAL | COMPORTAMENTAL | PALESTRANTE MÚCIO MORAIS

Existem pelo menos 10 FATORES diretos que podem estar interferindo na baixa produtividade de sua equipe, e, consequentemente na queda de seus lucros, estes fatores dificilmente poderão ser tratados sem ajuda de um profissional que não faça parte do "dia a dia da empresa", Por que? A afetividade ou falta dela existente nas relações profissionais podem e geralmente são um entrave a comunicação direta, especialmente se houverem fatos negativos e serem tratados.

Esta Palestra / Workshop realizada pelo Prof. Múcio Morais, trata destes fatores e ainda de outros levantados pelo briefing da empresa. Cada situação é tratada com leveza e firmeza, inspirando e despertando as pessoas à reflexão e mudanças. Não existe aqui uma relação para interferir nesta comunicação.

O Ser humano não é fácil de se lidar, existem sentimentos, percepções, motivações e uma cultura geral e empresarial que atravessam a comunicação dentro da empresa, é muito comum escutarmos reações de funcionários dizendo: Mas nunca foi assim! Eu nem imagino a intensão do chefe! Esta mudança é só para atrapalhar! Ninguém vai apoiar isso! Por que eu? Vou fazer minha obrigação e pronto! Esta empresa já foi muito melhor! Estou fazendo o melhor que posso, o que eles querem mais? Mais uma palestra, aff! Com esta concorrência eles querem o que? 

Enfim, como disse anteriormente, o ser humano não é fácil, por isso traga alguém que comunique sem estes entraves, pense em quanto está deixando de ganhar por manter a sua equipe neste estado e letargia e improdutividade. estou a seu dispor e de sua empresa.

Múcio Morais

01/09/2022

PALESTRA MOTIVACIONAL - O CICLO DO SUCESSO - MUCIO MORAIS

Equipes desmotivadas geralmente estão dentro do ciclo do insucesso, ou melhor, o ciclo do sucesso ao contrário. A maior parte do processo motivacional está vinculada a alguns passos simples, que podem ser facilmente entendidos e reproduzidos, em resumo:
                        1. A CRENÇA - Temos um Projeto, uma crença de que podemos realizá-lo, podemos contemplar o todos e até mesmo este projeto terminado, se, por exemplo, é a construção de uma casa, a morada dos seus sonhos, você tem o projeto, com todos os detalhes, então começa a se ver na casa pronta, pode vislumbrar seu quarto, os detalhes da janela, a pequena sacada para ver a lua e as estrela à noite, você pode ver seu escritório com móveis antigos escolhidos por você, cada decoração e quadros, então vislumbra a piscina, um belo gramado em volta, espreguiçadeiras, uma rede na varanda, enfim,

                        2.  POTENCIAL - ESTA VISÃO QUANTO MAIS REALISTA mais se transformará em um POTENCIAL, a energia flui, a vontade, o desejo se tornam grandes e o potencial de realização torna-se poderoso, VOCÊ TEM POTENCIAL PORQUE TEM VONTADE, DESEJO E ACREDITA NO PROJETO, 

                        3. AÇÃO - UMA CRENÇA FORTE E UM POTENCIAL movido por uma vontade indestrutível te levará à "AÇÃO" e, se colocará na realização, chegando para ajudar, fazendo o possível para ver a obra caminhar. quanto mais forte sua crença, mais forte será sua AÇÃO, o nível de entusiasmo inicial te leva à ação. Empurrada pela forte crença, suas ações serão contundentes, criativas, disciplinadas e contínuas, este tipo de ação, matematicamente te levará ao RESULTADO(4); 

                        4. RESULTADO - Com todo esse processo em andamento fica cada vez mais claro o sucesso do Projeto, sua visão inicial está cada vez mais REAL, agora já não é mais uma visão, é uma casa linda, com tudo que você imaginou e sonhou, seu projeto está concluído e te dará confiança para executar os próximos, sejam eles quais forem, daí este processo FORTALECE SUA CRENÇA(1) na capacidade de realizar, e assim, você entrará mais forte a cada projeto.  

SUA EQUIPE ESTÁ DESMOTIVADA?
O SUCESSO PARECE UM VERDADEIRO MILAGRE?
EXISTEM CLICHÊS PERDEDORES QUE SABOTAM SUA EMPRESA?
ESTÁ CERCADO DE PERDEDORES E JÁ SE DEIXOU INFLUENCIAR?
QUER APRENDER A DAR UMA VIRADA (SEM MÁGICAS) E MUDAR A ATITUDE?

Quero levar esta PALESTRA MOTIVACIONAL para sua equipe!


26/08/2022

PALESTRA MOTIVACIONAL | DOMINANDO A SI MESMO PARA ALCANÇAR SUCESSO

O Homem que domina a si mesmo é libertado da força que amarra todas as criaturas. (GOETHE, Die Geheimnisse) Existe um criminoso perigoso que está tentando destruir você, e por mais que pareça estranho, esse bandido é você mesmo. Mas como pode ser isso? Pois é, todas as vezes que você procrastina, que você diz que não é capaz, que faz escolha pela mediocridade, é esse seu EU, um bandido sorrateiro, mas perigoso que está agindo, e, ou você o domina ou está destinado ao fracasso.

Preste atenção nesta máxima de Goethe, não é de admirar que todos nós mais ou menos, nos deleitemos com o medíocre, porque isso nos deixa em paz, nos dá a sensação confortável da relação com aquele que é como nós. (Goethe, The Maxims and refloections of Goethe) É dessa forma que este inimigo age, nos ajudando a conformarmos com a perda de uma oportunidade, quando se conforme com o não planejamento para atingir seus objetivos, de ver passar mais um ano e não ter realizado nada, das promessas que viram comédia ao final de cada ano, é o seu eu da mediocridade agindo, e, a pergunta é: De que você está rindo?

Quero te ajudar a deixar de ser uma grande piada e aprender a assumir sua vida, suas realizações e tomar de volta o controle há muito perdido. Vamos nos preparar para uma batalha dura e difícil, mas entenda que é isso que fará ou não diferença no restante de sua vida. Entenda o que estou dizendo, desperdiçar o tempo e as oportunidades é desperdiçar a sua Vida.

Quero te dar os 9 LIÇOES de ensinamentos de Goethe para alcançar o autodomínio, Goethe que foi um gênio filosófico, cuja obra chega a 143 volumes, ele está entre os grandes pensadores da humanidade, sendo referências para escritores, poetas, filósofos, religiosos, profissionais da psicologia e outros. Goethe atuou em dezenas de áreas da ciência, produziu conhecimentos, influenciou a humanidade de maneira profunda, no entanto, era um ser humano como qualquer outro, mas, como ele conseguiu atuar e fazer diferença neste nível? Vamos às lições.

LIÇÃO 1


Não existe outro caminho, se você quer deixar sua zona de conforto e se colocar a caminho, comece sendo verdadeiro, olhar pra si mesmo e procurar a verdade a qualquer custo, no msi profundo de nosso ser, e acredite, vai doer muito. Por isso mentimos para nós mesmos o tempo todo. Uma maneira de começar é refletindo sobre as suas ações cotidianas, sendo bem realista e pé no chão, como você trata sua família, como se porta no emprego, na rua, no estacionamento, no comércio, nas relações de trabalho, nas relações com os mais frágeis e fracos, você ajuda? Coopera? Estende as mãos? Perceba que tipo de pessoa você tem sido!

LIÇÃO 2

Como temos medo das críticas! Algumas são realmente sem sentido mas muitas são verdadeiras, o conselho aqui é claro e te coloca em movimento, melhor do que protestar e se defender é agir, ainda mais se suas intensões são virtuosas, nesse ponto podemos medir as intensões, não permita que te paralisem, mas pelo contrário, esforce-se, faça cada vez melhor, pense nos grande artistas das mais diversas áreas, alguns vieram a sua cabeça agora, sim, agora me diga o nome dos críticos desses artistas, isso, ninguém se lembra deles.

LIÇÃO 3

Quais são os seus valores, quais são os seus princípios, você faz parte do grupinho que passa a vida reclamando, criticando, vendo a lado ruim das coisas e se autossabotando, vendo a vida passar sem se encontrar ou achar lugar para ser útil, se ressente daqueles que te criticam mas faz o mesmo ou faz parte do grupo que faz o melhor, que procura evoluir, crescer, melhorar, e que aponta problemas de forma construtiva e proativa,

LEMBRE-SE A PRIMEIRA LIÇÃO NOS ENSINA A VERDADE, SER VERDADEIRO CONSIGO MESMO, NÃO SE ESQUEÇA, PODE DOER MAS É O ÚNICO JEITO. SEM A VERDADE A LUZ NÃO VAI ENTRAR.

LIÇÃO 4



A comunicação é um problema, as pessoas não entendem bem porque não leem, não escutam, são precipitadas, deduzem ao invés de entenderem, quem não escuta não pode entender, se simplesmente lêssemos ou escutássemos antes de responder, a maioria das questões estariam resolvidas.

LIÇÃO 5

Muitos de nós temos iniciativa para reorganizar a vida, novas atividades e objetivos, no começo está motivada, mas logo chegam as adversidades e dúvidas pelo caminho, a voz da mediocridade se aproveita deste momento e ataca, e, a pessoa abandona seus projetos. Entenda isso, se surgem dúvidas e contratempos é porque você está caminhando, isso faz parte do processo de caminhar, tome cuidado para não paralisar sua caminhada por causa dos obstáculos,

LIÇÃO 6

E chegam os ressentimentos e as pessoas se torturam pelos fracassos, frustrações, erros que não podem mais ser corrigidos, e, quando isso é feito como uma forma de culpa e acusação interior, sem perdão, as pessoas podem se entregar a auto comiseração, indo para as drogas, alcoolismo, vícios emocionais como vitimismo, olhar para a própria história é fundamental mas é preciso ter equilíbrio, reconhecer os acertos e os erros, aprender a se perdoar e não ficar remoendo na imaginação o que deu errado, cuidado, a voz desta acusação é a voz da mediocridade querendo te parar e diminuir.

LIÇÃO 7

                           

Aqui uma grande lição, grave-a em sua mente e seu coração, você se lembra da sentença de abertura? Ela falava sobre o homem que domina a si mesmo, “O Homem que domina a si mesmo é libertado da força que amarra todas as criaturas”. (GOETHE, Die Geheimnisse). E dominar a si mesmo é educar a própria vontade, é ter autodomínio, responda esta pergunta: VOCÊ É ESCRAVO DA SUA VONTADE OU A SUA VONTADE ESTÁ SUBORDINADA A VOCÊ? Quem manda em quem?

LIÇÃO 8

A pouco dissemos na lição seis, que o conhecimento gera dúvida, ao contrário, a ignorância faz o indivíduo se encher de si, ele se julga no direito de opinar sobre tudo e nunca está errado, incapaz de argumentar e refutar com clareza, conhecimento e respeito, ele apela para a agressividade, é muito comum assistirmos debates assim nas redes sociais, debates políticos e em diálogos no nosso dia a dia, os ignorantes fazem uso e gostam das redes sociais pois é um  meio sem oponentes diretos e onde se pode destilar covardemente seu veneno,

LIÇÃO 9

Acima de qualquer governo está nossa auto  governança, o homem que sabe achar seus caminhos, abris portas, fazer planos para sua vida e persistir neles, é preciso ter propósitos de vida, desde os mais simples até os mais complexos, mas como descobrir os meus propósitos e usar a força que vem deles? 

ESTE E UM ASSUNTO PARA NOSSO PRÓXIMO ARTIGO!

Múcio Morais

CONTRATE A PALESTRA "DOMINANDO A SI MESMO PARA ALCANÇAR SUCESSO"!  

SEMANA DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA

SEMANA DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA - Professores, Gestores, Profissionais da Educação, Alunos, Pais, Familiares e Sociedade... Envolvidos em um grande projeto de mudança!

Esta Programação já foi realizada em mais de 1.000 Municípios e Escolas no Brasil e em Países da América Latina, já foram desenvol...